Join for 20203 DE MAIO

ESTEIRA OU RUA: AFINAL, ONDE É MELHOR CORRER?

01/16/17

Esteira ou rua: afinal, onde é melhor correr?

Descubra a melhor opção para seus treinos de corrida e chegue preparado na Wings for Life World Run

 

A escolha pela corrida na esteira ou na rua muitas vezes está ligada ao comodismo desse ou daquele atleta ou do tipo de treino que seu treinador indica. Claro que podemos dizer que são movimentos idênticos, pois estaremos correndo, mas correr na rua e na esteira trazem condições tão específicas que chegam a parecer que são esportes diferentes. Algumas pessoas que só correm em esteira, tem uma certa dificuldade em desenvolver o mesmo ritmo na rua e vice-versa.

Podemos mal comparar com aquelas brincadeiras de torcedores de clubes de futebol, temos aqueles torcedores fanáticos, que estão sempre nos estádios acompanhando o seu time. E temos também outros torcedores, não menos fanáticos, mas que preferem ficar em casa assistindo pela TV ou ouvindo pelo rádio, aquele famoso “torcedor de radinho”. Ambos conhecem tudo de futebol, mas estão em ambientes diferentes e com certeza se trocarmos eles de lugar, alguma diferença eles vão sentir. Na corrida é idêntico!

Vamos falar da esteira

Ela é uma máquina! Isso já muda um pouco a corrida. Tem aquela borracha onde corremos (manta de rodagem) que vai a uma velocidade constante (definida por você), rodando sem parar sob seus pés. O problema da esteira é que muitas vezes o corredor acaba correndo com uma postura errada, correndo para cima e não para frente, e assim ele acaba apenas aumentando o tempo entre uma pisada e outra, e não se torna mais rápido.

Mas vale lembrar que a esteira é uma ótima pedida para treinar, pois como dizemos, para correr nela, não tem tempo ruim! Rs! E é uma excelente pedida para quem está se recuperando de lesão e precisa de um ritmo constante. Fique atento também a qualidade das esteiras, pois muitas podem não trazer um amortecimento adequado!

Falando da rua... 

Ela é cheia de opções de pisos! Além deles, ainda temos os fatores climáticos, e a combinação desses fatores (pisos e clima) formam um conjunto que pode interferir no desempenho do corredor.

A variação nos calçamentos das cidades, exige atenção: o asfalto gera maior impacto nas articulações, mas traz uma resposta mais rápida em termos de velocidade. As pedras portuguesas, comuns nos calçadões das praias brasileiras, são um tormento para pés e articulações, devido ao impacto e também a irregularidade que elas apresentam.

Correr na terra, na areia batida ou na grama é indicado para quem busca mais amortecimento do impacto e por ser mais macio, tende a gerar menos lesões nos corredores. Além disso, esses terrenos trabalham mais o equilíbrio, a coordenação motora e a propriocepção (capacidade de reconhecer a sua resposta corporal a estímulos externos). 

Combine as atividades

Um treino ideal deve combinar as duas versões, trabalhando na mesma medida todas as habilidades e garantindo a evolução integral do corredor. Mas, melhor do que ficar parado, é experimentar a opção que você mais gostar ou for mais fácil para você. A esteira é mais prática para muita gente. Não tem problema com chuva e o piso é mais plano e seguro. Mas note que, se há intenção em participar de competições, os treinos ao ar livre são indispensáveis para se adaptar e ter certeza do seu nível de rendimento.

Gasto calórico

Com relação ao gasto calórico, tudo depende da velocidade em que você corre. Para se ter uma ideia, pesquisas norte-americanas afirmam que quem está com o peso ideal e roda de 5 km a 9 km por hora ao ar livre, queima até 5% mais calorias quando comparado à corrida na esteira. É comum dizer que a esteira corre um pouco para você e na rua você precisar fazer mais força, devido aos ventos e condições meteorológicas.

A intensidade e a frequência dos treinos interferem bem mais na queima de calorias do que o piso onde você corre. Uma dica para simular alguma resistência do ar na esteira e equilibrar a postura é colocar uma leve inclinação de 0,5% até 1,5% nos treinos. Tome cuidado com o incremento de inclinações maiores que essa, que podem forçar demais as articulações e sobrecarregar sua coluna.

Parceiro local
Orla RioassimAudiLorealMaxMilhasHoteis Othon